Reunião com SMAP no dia de hoje (08)

a tarde de hoje, quarta-feira (8), o SISMEC foi convidado para participar de uma reunião na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal (SMAP), acompanhado do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais Curitiba (SISMUC) e o Sindicato dos Guardas municipais de Curitiba (SIGMUC).

A principal pauta foi para informar aos sindicatos os ajustes feito pela gestão no tocante ao fornecimento dos EPIs  aos profissionais atuantes na Guarda municipal e fundação de ação social (FAS), aos quais serão fornecidos mascaras de tecido. Toda via como nao ficou claro se os servidores da enfermagem lotados na FAS irão ou nao utilizar-se destas mesmas mascaras e não  a mascara cirúrgica, a diretoria do SISMEC debateu o grau de risco que a falta deste EPI oferece para estes profissionais e decidiu por assegurar que a mascara cirúrgica continue sendo EPI essencial e indispensável destes profissionais,  encaminharemos  oficio às secretarias competentes questionando e requerendo informação de forma objetiva, o fornecimento desse EPI e todos os demais EPIs necessários para a adequada proteção destes profissionais da saúde ali atuantes. A gestão informou que continuará fornecendo os EPIs de acordo com o que dita a norma técnica emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para os profissionais da saúde.

Nesta oportunidade o SISMEC reforçou a importância de que sejam sempre disponibilizados equipamentos em quantidade suficiente. Também foi levado ao conhecimento da PMC casos pontuais em que chefias de alguns equipamentos tem  racionando o uso dos EPIs e em outros casos onde proíbe o servidor de utilizar o equipamento, comprado e pago com dinheiro do seu bolso, com a justificativa de que o uso do mesmo poderia deixar os pacientes assustados. Em resposta a gestão se comprometeu a verificar os casos pontuados e realizar os ajustes que se mostrarem necessários.

Mais uma vez o SISMEC renova seu compromisso com os servidores da enfermagem, protegendo e garantindo que os direitos e a integridade dos nossos profissionais sejam respeitados.