Nova mobilização da enfermagem tem o apoio do Sismec 

Aprovado no Senado por unanimidade no final do ano passado, o Projeto de Lei 2564/2020 segue sem votação na Câmara dos Deputados. Por conta disso, a enfermagem brasileira se unirá mais uma vez para mostrar aos políticos, à população e à mídia que não vai desistir da sua luta.

A nova mobilização acontece em Brasília, no próximo dia 8 (terça-feira), quando caravanas de todas as partes do país se juntarão para cobrar celeridade na votação. Além do encontro de massa no Distrito Federal, haverá atos de apoio em várias cidades de todas as regiões.

O projeto defende carga horária e remuneração justas para os trabalhadores da enfermagem, uma briga que já tem mais de 20 anos, mas que tem ganhado força mais recentemente. A diferença é que, desta vez, a categoria está mais unida do que nunca e pronta para batalhar até o fim por seus direitos.

Para reforçar ainda mais esse fronte, a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais de Enfermagem de Curitiba (Sismec) se juntou ao movimento nacional de trabalhadores, que têm acontecido de maneira cada vez mais organizada e conseguido apoiadores relevantes.

“Além de acreditarmos na legitimidade da causa, vemos como mais uma maneira de apoiar nossos membros em suas reinvindicações, que é um dos nossos deveres enquanto única entidade habilitada a representa-los legalmente. Sendo assim, vamos fazer isso com muito esmero, não vamos desistir! E convocamos a todos para virem conosco…”, explica Raquel Padilha, presidente do Sismec, convocando os servidores de Curitiba.

A mobilização do dia 8/3 ganhou até trilha sonora com autorização dos autores para ser usada pelos profissionais. Ouça na página do  Sismec no Facebook, comente e marque os colegas da enfermagem.

#JuntosSomosMais

Sismec no Facebook,