Sismec vai a Brasília lutar pelo piso salarial da enfermagem

 

O Sindicato dos Servidores Municipais de Enfermagem de Curitiba (Sismec) vai participar, em Brasília, da manifestação nacional pela aprovação do projeto de lei que estabelece piso salarial, jornada de trabalho e período de descanso para os profissionais da área.

Por isso, deixam Curitiba, na manhã deste dia 12 (quarta-feira), rumo à capital federal, a presidente da entidade, Raquel Padilha  e demais diretores  representarão o Sismec e os profissionais da Saúde curitibana nos atos em defesa da enfermagem programados até o final da semana.

A comitiva deve, junto a outras lideranças de peso, pressionar os governantes para que aprovem o Projeto de Lei 2564/2020. O PL prevê piso salarial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, e parteiras, todos baseados em uma jornada de 30 horas semanal e válida para servidores federais, estaduais, municipais e também das instituições privadas.

Além da intensa programação política, haverá caminhada até a Esplanada dos Ministérios, missa e também uma homenagem aos colegas que faleceram em virtude da pandemia, que acontecerá em frente à sede do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).
Estão juntos na organização desse movimento de suma importância para o crescimento da categoria, a União Nacional da Enfermagem (UNE), a Escola da  Felicidade de Brasília e Os Gigantes da Enfermagem.